21 de mar de 2011

CONCELHO DE NISA: Modus Vivendi (1)

Os casamentos em Nisa nos anos 60 constituíam para a juventude, uma festa dentro de outra festa. Eram os bailes de véspera, do dia e segundo dia, na rua e ao som da concertina, aproveitados para “arrastar a asa” à pequena que preenchia os sonhos ou para tentar novas “conquistas”, sabendo que, nessa época, o Verão trazia a Nisa muitas e muitas “garinas”.
Eram os “copos de água” pretexto não apenas para provar iguarias que noutros dias do mês e do ano não cabiam nas nossas mesas, molhar (bem) a garganta e aproveitar para o convívio, mais liberal *, com as jovens que faziam parte do rol de convidados.
Entenda-se “liberal” no sentido de mais aberto, sem reprimendas da(s) entidade(s) paternais.
 A foto remonta a Maio de 1986 e foi tirada no Arneiro, no campo de jogos do Clube Desportivo e Recreativo de Santana, por ocasião da I Semana Desportiva do Concelho de Nisa.
Com meios mais do que precários e muita carolice, foi possível pôr de pé uma iniciativa dinamizada por um grupo de trabalho criado no âmbito da Assembleia Municipal, tendo movimentado algumas centenas de crianças e jovens que puderam praticar ou iniciar-se em diversas modalidades desportivas para além do futebol.
José Lopes Valente Miguéns (o ti Vara) foi pedreiro, emigrante, homem de muitos ofícios, oposicionista ao regime salazarista, participante activo nas campanhas eleitorais de Norton de Matos e Humberto Delgado, republicano, comunista e presidente da Junta da sua freguesia natal, S. Simão.
É a “cara” e o registo desta Memória Fotográfica e dele se pode dizer, sem receio de dúvida, que é “um Republicano na Praça da República”.