3 de fev de 2012

ROSTOS DA CORTE DAS AREIAS (6)




Gente que trabalha; gente que descansa depois de uma vida de trabalho; gente que se aprimora para nos dar o sabor inconfundível das coisas boas deste concelho que é o nosso. Coisa boas que se podem traduzir, apenas, num sorriso, num gesto de carinho ou de boa vontade. Gente da Corte das Areias, aqui, agora, ontem...